IMPORTÂNCIA DAS REUNIÕES MEDIUNICAS

IMPORTÂNCIA DAS REUNIÕES MEDIUNICAS

          Quando desencarnamos levamos conosco as nossas virtudes e os nossos defeitos, não é porque retornamos ao mundo espiritual que vamos evoluir de supetão, nos tornar perfeitos e apreender todo o conhecimento do universo. Muita gente ainda tem esse pensamento errôneo sobre os “mortos”, bastou desencarnar para tornar-se sábio, todavia, a realidade não é bem essa.

          Aquelas pessoas que, quando encarnadas eram virtuosas e boas continuarão cultivando as mesmas virtudes e mantendo a mesma bondade, enquanto que os viciosos e maus permanecerão como eram. É claro que no plano espiritual, os primeiros se desenvolverão cada vez mais em amor e justiça, pois o bem já faz parte de seu íntimo. Os segundos tambem terão oportunidades de desenvolverem-se no bem, uma vez que a vida, seja no plano físico ou no espiritual, coloca-nos sempre situações oportunas para o nosso crescimento interior, todavia, nem sempre nos dispomos a aproveitar essas ocasiões e preferimos continuar no erro.

          É assim que, muitos espíritos permanecem apegados as suas crenças particulares, as mesmas ideias religiosas, as ideologias, aos mesmos vícios, as mesmas ações malfazejas, as superstições e crendices, até mesmo as descrenças cultivadas quando no corpo físico permanecem por um período mais ou menos longo. Esses espíritos só irão se modificar com o tempo e o aprendizado e quase sempre pela dor.

        Percebemos desse modo, que nem todo espírito participa das ideias do Espiritismo, tornando-se muitas vezes opositores da doutrina no mundo espiritual, por permanecerem no mal ou estarem com suas antigas crenças ainda cristalizadas.

        Em contrapartida existem outros que após desencarnarem passam a ter outra visão sobre a vida e assim, o espiritismo que antes repudiavam transforma-se no apoio que necessitavam para compreenderem seu novo estado. Por isso, em muitas comunicações psicografadas, entidades antes pertencentes às religiões tradicionais ou sem religião, transmitem mensagens que não são bem aceitas pelos familiares, sob alegação de que o parente não era espírita.

        Essas particularidades demonstram como são importantes as reuniões mediúnicas de evangelização e esclarecimento. Esses espíritos geralmente sentem-se mais a vontade e receptivos aos espíritos superiores quando conversando com encarnados, próximos às energias mais densas do plano físico podendo ser orientados e auxiliados no caminho da renovação interior.

   Jefferson Moura de Lemos

Esse post foi publicado em Mediunidade e Doutrinação II e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s