EVITANDO OBSESSÕES

EVITANDO OBSESSÕES

 

 

 

           Não deixe de sonhar, mas enfrente as suas realidades no cotidiano.

          Reduza suas queixas ao mínimo, quando não possa dominá-las de todo.

          Fale tranquilizando a quem ouve.

          Deixe que os outros vivam a existência deles, tanto quanto você deseja viver a existência que Deus lhe deu.

          Não descreia do poder do trabalho.

          Nunca admita que o bem possa ser praticado sem dificuldade.

          Cultive a perseverança, na direção do melhor, jamais a teimosia em pontos de vista.

          Aceite suas desilusões com realismo, extraindo delas o valor da experiência, sem perder tempo com lamentações improdutivas.

         Convença-se de que você somente solucionará os seus problemas se não fugir deles.

         Recorde que decepções, embaraços, desenganos e provações são marcos no caminho de todos e que, por isso mesmo, para evitar o próprio enfaixamento na obsessão o que importa não é o sofrimento que nos visite e sim a nossa reação pessoal diante dele.

 

 

 

 

André Luiz

 

Extraído do livro “Meditações Diárias”

Psicografado por Chico Xavier

  

Anúncios
Esse post foi publicado em Obsessão Espiritual e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s