COMPORTAMENTO DO ESPÍRITA NOS FUNERAIS

COMPORTAMENTO DO ESPÍRITA NOS FUNERAIS

         A doutrina espírita demonstra que a vida continua sempre, a morte não existe, ela é apenas o retorno do ser espiritual para a vida verdadeira. Todavia, quantos de nós, mesmo tendo esse esclarecimento, não nos revoltamos após a morte de um ente querido, esquecendo que o pó não mais o contém.

         Muitas vezes padecemos inconformados, demonstrando quão frágil ainda é a nossa confiança em Deus e o quanto ainda temos de estudar o Espiritismo.

         Embora necessárias as formalidades fúnebres, Nossa preocupação maior deve ser com o ser espiritual. Os pensamentos elevados e as preces auxiliarão o espírito em seu retorno, facilitando o desprendimento do envoltório carnal, caso ainda exista ligação fluídica e equilibrando o seu mundo interior por sentir-se amado e envolvido numa psicosfera de carinho.

         Assim, durante o funeral, parentes e amigos devem permanecer em oração a fim de envolverem-se em ambiente de equilíbrio e respeito, evitando emoções em desalinho, comentários sem propósito e pensamentos maliciosos.

         O sentimento não deve ser de perda, a esperança do reencontro futuro diminuirá o desespero e a revolta, a pureza dos nossos sentimentos reconfortará o espírito amado. A certeza de que a vida continua é a maior contribuição que o espiritismo nos traz como o consolador prometido pelo Cristo.

 Jefferson Moura de Lemos

Anúncios
Esse post foi publicado em Espiritismo e funerais e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s