EXISTE ENCOSTO?

EXISTE ENCOSTO?

 

          Existe encosto?

          – Sim, existe, sim!

          Popularmente ouve-se dizer que a pessoa está com encosto; com almas do outro mundo encostadas na pessoa. O que quer dizer, em linguagem espírita correta, que o médium está sob a influência de um Espírito sofredor. Notar que a pessoa pode ser médium mesmo sem aceitar esta condição, independentemente ainda das ideias religiosas do individuo. Então, se o encosto (como diz o povo) resulta da influência de um Espírito sofredor, a criatura se sente mal, instável e o seu comportamento exibe até sintomas de doenças físicas e/ou mentais. Claro que, se fosse a influência de um Espírito bondoso, a criatura haveria de sentir-se em paz, com disposição, com alegria e bem – estar.

          É bem verdade que existem doenças fantasmas. Isto é, a pessoa não possui tal doença mas fica se lamentando, reclamando, se queixando da vida de tal maneira que cria a enfermidade no panorama mental e acaba contraindo a moléstia mesmo. No entanto, é grande o número de pessoas que sofrem o assédio de Espíritos desencarnados (a alma dos que já morreram, como se diz na linguagem comum). E às vezes pode dar-se o caso de serem pessoas queridas já desencarnadas (pais, amigos, irmãos, tios, avós, etc.) que inconscientemente provocam o sofrimento do encarnado.

          A aproximação de um Espírito necessitado, sofredor, junto do médium pode provocar sintomas como: temor de tudo e de todos; insegurança e aflição íntima; desespero sem motivo; dores de cabeça; tonturas e depressão; sente-se angustiado e com vontade de chorar; tem maus pressentimentos; arrepios no corpo; percebe a presença de alguém próximo, como uma sombra ou vulto; flui de seus pensamentos negativismos e muitas vezes a ideia fixa de suicídio. Percebe batidas na porta ou ouve chamar seu nome e quando procura atender não encontra ninguém. Sonha com os “mortos”, tem perturbações durante o sono, pesadelos. E assim vai se desenrolando as aflições. Sente dores no corpo, em determinado órgão, sofre ataques epiléticos, apresentam disritmia cardíaca, tudo provocado pelos Espíritos ignorantes ou maus.   

          Muitas vezes os exames clínicos são negativos; outras vezes positivos, mas, mesmo com o tratamento correto pelo médico de confiança, não consegue de todo sentir-se aliviado. Por quê? Porque falta alcançar o outro lado, o lado espiritual, que com remédios, injeções e bisturis não se alcança, precisa-se de tratamento espiritual: Oração, passes e desobsessão.

          Não queremos dizer com isso que logo que surja uma dorzinha de cabeça ou barriga, vá logo dizendo que é por culpa de um Espírito. Nada disto. Antes de mais nada é preciso que se socorra dos nossos abnegados médicos da terra. Em caso de não solução e de resultados negativos ou em casos que é mais de ordem mental, moral e espiritual devemos buscar o socorro através de uma Casa Espírita. A Doutrina Espírita em seu conjunto é religião, filosofia e ciência, portanto tem autoridade para tratar desses problemas.   

 

Rodrigues de Camargo

  

Extraído do livro “Novos Tempos”

 

About these ads

3 comentários em “EXISTE ENCOSTO?

    • Caro irmão, podemos acrescentar, para um melhor esclarecimento do assunto, que encosto¹ é a influência de um espírito sofredor ou mal-intencionado sobre uma pessoa. Essa influência pode chegar a um processo obsessivo perigoso caso a pessoa não receba auxilio. O Centro Espírita é o lugar onde se pode obter esse socorro de maneira equilibrada e segura. Falamos do Centro Espírita legítimo, pois como sabemos, existe muita confusão acerca do espiritualismo praticado nas instituições de matriz africana e indígena que muitas vezes é confundido com Espiritismo.
      Embora essas casas afro-indígenas sejam respeitáveis tambem desenvolvendo trabalhos de ajuda espiritual, não são Centros Espíritas.
      A oração é o principal instrumento para a nossa saúde espiritual, é através da prece que entramos em contato mais íntimo com o nosso Pai celestial e recebemos a ajuda dos bons espíritos. “Orai e vigiai” já ensinou Jesus.

      Muita paz!

      ¹ termo popular e errôneo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s